Tendências no mercado de alimentos, eventos, saúde, nutrição e muito mais.

receba o boletim por email

ORGANIZAR
POR DATA::
Marketing

A reinvenção dos alimentos

Hoje a maior preocupação das empresas alimentícias é acompanhar a tendência do mercado de alimentos que reúne o trinômio: saúde + sabor + conveniência para reinventarem seu portfólio

No Brasil, o estilo de vida da população está mudando: pouco tempo de lazer, sedentarismo e pouca habilidade com a organização das refeições. Desta forma, a demanda pela “ultra” conveniência está aumentada, de acordo com o relatório da Euromonitor International, o que faz surgir um novo consumidor mais atento, o chamado “LIFESTYLE”* que não quer conveniência às custas de baixo valor nutricional na sua alimentação. Pelo contrário, ele busca produtos de alta DENSIDADE NUTRICIONAL** com ingredientes mais simples – similares aos que existem em sua cozinha; e claro, ingredientes que tragam benefícios para a saúde e estejam de acordo com os valores deste consumidor – quanto à procedência, produção e mão de obra empregada.

A forte concorrência entre as indústrias, em atender este novo perfil de consumidores, tem levado as empresas a inovar não só na formulação dos produtos, mas também na comunicação da embalagem às redes sociais. Um case interessante de uma startup é o Mais Mu que traz ao mercado uma proposta prática, saudável e divertida de um produto jovem que coloca o suplemento na categoria de snacks.

Em contrapartida desta tendência, dados globais mostram que cada 8 em 10 novos produtos fracassam. Para mudar este cenário nós da Equilibrium vamos além dos estudos e reports de mercado, acreditamos que a inovação deve ser pautada também nas evidências científicas atuais, no entendimento dos formadores de opinião e numa análise profunda do portfólio em relação aos concorrentes – benchmarks. Nós da Equilibrium desenvolvemos uma metodologia para endereçar todos estes quesitos com um olhar para o mercado e para a ciência.

Um fato curioso é o mercado de “snacks”. No site de busca “Google”, a menção de “snacks ricos em proteína” possui 226.000 resultados, mostrando o quão relevante tem se tornado o tema. A proteína ficou por muito tempo como um badalado nutriente nas dietas “hiperproteicas” e no universo de “bodybuilding”, e atualmente permanece um ingrediente procurado pelo consumidor lifestyle como forma de trazer energia mais sustentável para o organismo, mais saciedade. Hoje as mães também buscam produtos com alto conteúdo de proteína e fibras alimentares, porém baixo em açúcares e carboidratos para a alimentação de seus filhos, o que auxilia assim na saúde e contribui para seu desenvolvimento físico.

As mudanças nas empresas alimentícias só aconteceram devido ao avanço tecnológico, porém o maior desafio está no posicionamento e na comunicação diferenciada destes alimentos para estes novos consumidores – mais conscientes e mais abertos a experiências que tragam saúde, sabor e praticidade. Diante disso, você já sabe como irá conduzir sua inovação para atingir o consumidor moderno, associando ciência e às tendências de mercado?

*“Lifestyle consumers” são consumidores interessados em manter o bem-estar e saúde como uma filosofia de vida, adotam novas marcas e pagam pelo produto e engajam com suas marcas.

** Densidade nutricional de um alimento é a quantidade de nutrientes por porção.

Anelise Noronha

Por Anelise Noronha

Gerente de Contas da Equilibrium

<<< Voltar

Nosso time está pronto para atendê-lo.
ENTRE EM CONTATO CONOSCO.
equilibrium@consultoriaequilibrium.com.br
tel. 11 3284.1003

EQUILIBRIUM apoia:

  • Cren
Todos os direitos reservados para Equilibrium Consultoria em Nutrição e Bem Estar Ltda.